História de Ourinhos

Anuncie em Destaque

Conheça em detalhes a História de Ourinhos

Até o final do século XIX, a região do atual município de Ourinhos não passava de mata virgem, habitada pelos índios caingangues.

Somente no início do século XX, com a frente de trabalho da Estrada de Ferro Sorocabana para a construção do trecho de Manduri até Salto Grande do Paranapanema, Ourinhos começa a tomar forma. De família do Município de Santa Cruz do Rio Pardo, o senhor Jacinto Ferreira de Sá, adquiriu uma grande quantidade de terras, anteriormente de propriedade da então senhora Escolástica Melcheret da Fonseca, que era praticamente do tamanho atual de Ourinhos. Loteou a parte central, onde hoje se encontra nosso centro comercial e doou terrenos para a construção de uma sede de administração, um templo metodista e um grupo escolar. Os registros mostram que somente em 1906 se iniciou o povoado.

Já a estação de Ourinhos, foi inaugurada em 31 de dezembro de 1908, conforme publicação do jornal “O Estado de São Paulo” em 27 de novembro de 1909.

No ano de 1915, Ourinhos passou a chamar-se Distrito da Paz, pertencente ao município de Salto Grande de Paranapanema (Hoje Salto Grande). A data tão querida pela cidade foi a do dia 13 de dezembro de 1918, onde o Distrito da Paz tornou-se o Município de Ourinhos.

Nesta época a cidade ainda era pouco conhecida, pois sua expansão era lenta devido a principal cultura “o café”, estar nas mãos de poucos.  Era a época do “Ouro Negro”, pois com a retomada da estrada de ferro e o desmatamento, o município passou a exportar o café. Paralelamente, chegavam comerciantes e profissionais de diversas localidades, além dos colonos italianos e japoneses que ocuparam rapidamente a terra e instalaram a monocultura na região. Só então se pode afirmar que deste marco em diante Ourinhos ficava conhecido e conquistava fama.

Em 1922, começa no município a construção de um trecho inicial da Estrada de Ferro Sorocabana, que foi inaugurado em 12 de junho de 1924. Este trecho ligava Ourinhos à Leoflora, já no Estado do Paraná, tornando Ourinhos um dos mais importantes polos econômicos do interior do Estado.

Já em 1938, o município passa a constituir o único termo judiciário da comarca de Ourinhos e devido ao constante desenvolvimento e progresso, a Igreja Matriz de Ourinhos torna-se paróquia sob a invocação do Senhor Bom Jesus.


Dados Oficiais (história)


Os primeiros Moradores (história)


A Estrada de Ferro (história)


O Nome do Município (história)


O Primeiro Jornal (história)


A Catedral do Senhor Bom Jesus (história)


O “Grupão” (história)


O “Monstro” (história)


A Cachaça (história)


A Sanbra (história)


A Santa Casa (história)


Fontes e crédito de imagens: Site da Prefeitura Municipal de Ourinhos – Livro de Jefferson Del Rios – Blog Memórias Ourinhenses – Site Estações Ferroviárias – Site Uol – Site Santa Casa  Site Tertuliana – Site Wikipedia – Redes Sociais.


Turismo
Informações Turísticas
Pontos Turísticos
Telefones Úteis
Cinemas
Horários de Ônibus
Horários do Comércio
Mapa de Ourinhos
Praças
Ciclovias
Trilhas de Caminhada


Guia da Cidade
Food Trucks
Camelódromo
LanchódromoMercadão
Plaza Shopping
Shopping Cinemarti
Galerias Comerciais